30/10/13

MASE RECEBE CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL


O Museu de Arte Sacra e Etnologia será um dos 26 bens culturais do Médio Tejo a obter a certificação internacional do HERITY. 

No âmbito do Projeto Intermunicipal “Afirmação Territorial do Médio Tejo” da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, e no sentido de promover uma gestão patrimonial de qualidade, terá lugar a certificação internacional de 26 bens culturais desta comunidade. Foram propostos pelo município de Ourém a certificação do Castelo de Ourém e do Museu de Arte Sacra e Etnologia, em Fátima.

Esta certificação será efetuada pela entidade internacional Herity, uma organização mundial, criada em 2002, com sede em Roma, reconhecida pela UNESCO para a avaliação e certificação da qualidade na gestão do património cultural. 

Este processo de avaliação e de certificação inclui: uma análise rigorosa da gestão patrimonial e do valor cultural dos sítios (VALOR/RELEVÂNCIA); da conservação destes (CONSERVAÇÃO), das informações transmitidas ao público (COMUNICAÇÃO); e da qualidade dos serviços prestados (SERVIÇOS), os quatro aspetos fundamentais da gestão patrimonial. 

Desta forma, o Médio Tejo será uma das três regiões do mundo, a par de Lazio e do norte do Brasil, com o reconhecimento da certificação da Herity. Esta ação contribuirá para uma melhor qualidade da gestão do património, pretendendo-se no futuro criar uma rota que possa ligar os vários bens certificados, contribuindo para o reforço da notoriedade da região, bem como para a valorização dos principais recursos turísticos. 

A  cerimónia Internacional realizar-se-á no Convento de Cristo, em Tomar, no dia 01 de novembro próximo, no período entre as 10h00 e as 13h30.

15/10/13

18 de Outubro - Dia dos Bens Culturais da Igreja



Para assinalar o Dia dos Bens Culturais da Igreja, 18 de outubro,  irá oferecer nesse dia aos seus visitantes várias ofertas-surpresa.  Apareça!

13/10/13

INSCRIÇÕES ATÉ 29 DE OUTUBRO. INSCREVA-SE JÁ!


A relação escola e museu através da educação artística
Ação de formação

Para que serve a arte? Qual é o poder da arte? De que forma pode o museu auxiliar-nos na nossa formação? Porque vão os públicos aos museus? Que desafios colocam os museus nos tempos contemporâneos? Através da visualização de objetos da coleção do museu, iremos refletir sobre como a arte parece provir de um espaço entre o artista e o mundo. Nesse espaço critico, o artista propõe uma narrativa sobre si e sobre o mundo, criando novas linguagens e novas possibilidades de interpretação.

Destinatários: Docentes (ação acreditada pelo Centro de Formação “Os Templários”); Estudantes; investigadores; museólogos; artistas; conservadores.

Modalidade: Oficina (15H + 15h) |Créditos: 1,2

Calendário: 31 de outubro 2013, quinta-feira – 18h30-20h30 (2h); 9 de novembro 2013, sábado – 10h00-13h00 (3h); 23 de novembro 2013, sábado – 10h00-13h00 (3h); 11 de janeiro 2014, sábado – 10h00-13h00 (3h); 1 de fevereiro 2014, sábado – 09h00-13h00 (4h).

Local da Realização: Fátima – Museu de Arte Sacra e Etnologia
Preço por Formando: €45.00
Formadora: Genoveva Oliveira
 
DESCARREGUE PROGRAMA AQUI
 
INSCRIÇÕES ONLINE
http://cftemplarios.com/

Os Templários – Centro de Formação
Tel/Fax: 249 323 188 | E. mail direcao@cftemplarios.com