28/01/16

PACOTES ESPECIAIS SENIOR





O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia tem agora ao dispor 5 Pacotes Especiais de Visita destinados ao público sénior das universidades, associações e outras instituições. 

Além da visita guiada habitual ao museu, os grupos poderão escolher outras ofertas, como uma visita aos Bastidores do museu (Sala de Inventário, Centro de Documentação e Reservas), aprenderem a dançar “Danças Tradicionais Europeias” ou visitarem a Sala de Pintura da Fábrica de Santos da Consolata

Alguns dos pacotes poderão incluir almoço-convívio no Consolata Hotel. Marcação prévia através do e.mail  museuartesacra@consolata.pt . Informações: 249 539 470.

22/01/16

CONSOLATA MUSEU EM DESTAQUE NO PROGRAMA ECCLESIA!



Assista a partir do minuto 12:50 à divulgação da Atividade «CARNAVAL NO MUSEU» e outras iniciativas.

19/01/16

Curso Livre “Os primeiros capítulos do Génesis: Criação e Queda. Leitura iconoteológica”


O CONSOLATA MUSEU |Arte Sacra e Etnologia irá promover de 16 de fevereiro a 8 de março o Curso Livre “Os primeiros capítulos do Génesis: Criação e Queda. Leitura iconoteológica”.

O curso decorrerá às terças-feiras das 18h30 às 20h30 nas instalações do museu, onde se apresentará uma leitura tipológica cristã do texto bíblico como é apresentada nas artes plásticas, fazendo a leitura teológica e iconológica das imagens que têm ilustrado os textos bíblicos ao longo dos séculos.

Através da projeção de slides em PowerPoint, abordar-se-ão exemplos das artes hebraica, páleo-cristã e bizantina, medieval, do renascimento em Itália e no Norte da Europa, luterana, maneirista e barroca, neo-clássica e revivalista, e contemporânea.

O curso será orientado pelo Frei António-José de Almeida OP (Doutorado em História da Arte, e com um pós-doutoramento em Iconografia Cristã). É membro do Instituto de São Tomás de Aquino (ISTA) e da Academia Portuguesa da História e é colaborador da secção ‘Bíblia e artes plásticas’ do programa Bíblia Em Suas Tradições (BEST) da Escola Bíblica de Jerusalém.

Este curso encontra-se aberto a todos os que se interessam por esta área, independentemente da sua formação profissional.

A data limite de inscrição é 12 de fevereiro, estando limitado a 25 vagas. Informações através do n.º de telefone 249 539 470 ou do e-mail museuartesacra@consolata.pt.

***
Horário: 18h30-20h30

Calendário: 4 sessões às terças-feiras
16,23 fevereiro
01,08, março

Inscrições: €30 | €25 sócios da Liga dos Amigos do Museu

Número máximo: 25 inscritos
Número mínimo: 15 inscritos


Inscrições online CLIQUE AQUI

CONSULTE DESDOBRÁVEL AQUI

14/01/16

CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia eleito “TOP CHOICE 2016” pelo segundo ano consecutivo!


O Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia foi distinguido pelo segundo ano consecutivo como “Top Choice” no âmbito da categoria “Atrações turísticas” do popular portal turístico chinês Lianorg, uma referência no sector turístico que elabora um ranking anual das melhores atrações turísticas da Europa.
A nomeação resulta de um júri composto por profissionais do turismo e visitantes ao longo de 2015. Resultado desta nomeação as informações sobre o museu continuarão a constar no website Lianorg, tendo larga difusão junto do público chinês, japonês e de outros países asiáticos.

12/01/16

«Carnaval no Museu- Um dia na terra dos sonhos...» 8 de fevereiro




O Serviço Educativo do CONSOLATA MUSEU |Arte Sacra e Etnologia terá ao dispor no dia 8 de fevereiro, para crianças entre 6 e 12 anos de idade, a atividade «Carnaval no Museu- Um dia na terra dos sonhos...»

Este programa diário, a decorrer entre as 9h30 e as 17h30, envolverá diversas atividades lúdicas e divertidas a partir do conhecimento das coleções do museu, nomeadamente de máscaras africanas e americanas, participando depois na oficina “Constrói a tua máscara e os teus adereços!”. Também terão a oportunidade de aprender as regras do jogo tradicional africano «Mankala – o jogo das pedras», entre muitas outras surpresas.

As inscrições devem ser efetuadas, previamente, até ao dia 4 de fevereiro, através do telefone 249 539 470. Inscrições limitadas a 15 participantes. Desconto de 20% na inscrição do segundo filho Os participantes deverão fazer-se acompanhar do almoço e lanche para manhã e tarde.


8€; *desconto de 20% na inscrição do segundo filho
*Almoço e lanches trazidos de casa

11/01/16

Exposição temporária “A SEARA DOS POBRES NA CASA DAS SEMENTES”


A Exposição “A SEARA DOS POBRES NA CASA DAS SEMENTES” é uma exposição individual que surge no âmbito do estudo da vida e obra da Venerável Madre Maria Isabel da Santíssima Trindade, coincidente com o encerramento do ano dedicado à Vida Consagrada. Neste contexto a autora expõe trabalhos dentro da Pintura produzidos pelos utentes do Lar de Idosos de Santa Beatriz da Silva em Fátima e Fotografia da sua autoria.
“Fiz-me pobre para privilegiar os pobres” (Madre Isabel da SSma. Trindade) (1889-1962) Fundadora das Irmãs Concepcionistas ao Serviço dos Pobres.

Tomado em toda a sua plenitude, este acto de abandono foi a regra da vida cristã, que regeu Maria Isabel durante toda a sua vida, certa da sua entrega a Deus. Fundamentada nesta convicção fundou a Congregação das Irmãs Concepcionistas ao Serviço dos Pobres inspirada em Santa Beatriz da Silva, seguindo o carisma franciscano de pobreza. No aprofundamento da sua vida espiritual deixou-se conduzir por Deus “Via e Ouvia” sentindo a sua presença e mão firme e forte. Amadureceu na fé, permaneceu sempre em Cristo vivendo a vida de Cristo até amadurecer na vida de Cristo. Enveredou pelo caminho da cruz ao despojar-se de todos os bens materiais, esquecendo-se de si própria e transformando a sua vida secular em vida religiosa, pela oração e pela prática de obras de misericórdia corporais e espirituais, a favor dos mais carenciados, através de solidariedade humana.

As telas de acrílico representam passagens históricas da vida sócio religiosa da fundadora, despojamento, discernimento e de fé em Cristo e ainda como a Congregação Concepcionista se expandiu em missão.

Através da reprodução fotográfica de parte do acervo da Congregação, e do espólio pessoal da autora, pretende-se dar a conhecer a forma como foram acolhidas por Madre Maria Isabel as crianças e pessoas carenciadas e a sua intensa atividade de apostolado. E ainda enaltecer o trabalho das Irmãs Concepcionistas que souberam seguir o carisma de pobreza “se fordes humildes a congregação dará muito fruto” ao darem continuidade à obra, alargando a área de expansão, com a fundação de casas em Timor, Moçambique, Itália e México.

Margarida Rézio é Licenciada em Sociologia pela UAL de Lisboa, Mestre em Sociologia do Crime Violência e Segurança Interna e Doutorada em Sociologia Urbana Território e Ambiente pela Faculdade Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Atualmente é membro do CEHR/Universidade Católica Lisboa, dedica-se ao estudo da vida religiosa.