31/03/18

CAMINHOS DE SANTIAGO - Chá com Arte





"Caminhos de Santiago" é título do próximo “Chá com Arte” que decorrerá no sábado dia 21 de abril no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, tendo como convidados especiais Luísa Sousa “Um caminho para Todos – Diário de uma peregrina no caminho de Santiago” e Carlos Ferreira “Caminhos de Santiago de Compostela”.

Pelas 16h00, após a degustação dos biscoitos da Doce Oureana e do Chá de Aromas de Oureana, num ambiente intimista, os convidados estarão à conversa sobre as suas experiências e conselhos para quem pretenda fazer os Caminhos de Santiago.

A entrada é livre.








LUÍSA SOUSA

UM CAMINHO PARA TODOS
Diário e reflexões ao longo do Caminho de Santiago: de Sevilha a Santiago de Compostela
Via de la Plata e Caminho Sanabrês 42 dias, 1000 Km
«Num mundo tão competitivo e de aparências como o que vivemos atualmente, quem não segue determinados padrões (ainda) é visto com outros olhos. Sejam de admiração ou de incredibilidade. Viver a vida da forma que me faz sentido e realiza, sem comparações com os demais, tem sido um Caminho de busca pessoal, ainda longe de estar terminado.
Luísa Sousa, 34 anos, licenciada em Ciências Sociais na Universidade Aberta e artesã de profissão, chega-nos com pés de peregrina e sorriso tímido, mas nunca parte sem deixar pegadas de simplicidade e dádiva.
Tem uma marcada predileção pela natureza, talvez por sempre ter estado rodeada pela mais bela fauna e flora da sua terra natal, a ilha da Madeira.
Desenganem-se pelo seu ar falsamente frágil, a sua fibra é da qualidade do Carvalho que envelhece o vinho do Porto, cidade por onde passou na sua vida académica.
Dona duma escrita simples, atual, viva e envolvente. Acredita no que escreve, porém isso nada mais é que o seu processo diário de contemplação transposto para algo físico e inteligível.
Facilmente nos vemos num mundo diferente, esse mundo que pelos seus olhos se torna melhor. Pessoa prática e sem grandes rodeios vai trazendo a arte nas suas diversas formas para a vida de quem se deixa por ela tocar.»
(…) As vivências ao longo da Via de la Plata e do Caminho Sanabrês, não se esgotam nestas linhas partilhadas: há coisas que são indizíveis, outras que ficam com quem as viveu e outras ainda que só se compreendem quando as vivenciamos. nDeixo o testemunho da minha visão dos acontecimentos com a certeza de que se o relato for realizado por algum dos meus companheiros de viagem, coexistirão histórias com versões diversas. Afinal, são tantos os Caminhos quanto o número de peregrinos que os percorrem!
Partilho o bom e o menos bom, as alegrias, os receios, as dificuldades e os presentes inesperados, sem romancear os factos. Se decido partilhar as minhas vivências, tem como único objetivo testemunhar de que este pode ser, verdadeiramente, UM CAMINHO PARA TODOS! (…)

CARLOS FERREIRA
Natural de Pombal e residente em Leiria, de 50 anos, tinha dezasseis quando publicou pela primeira vez. É um texto de 750 caracteres no Jornal do Incrível, sobre como enriquecer sem esforço, pelo qual recebeu 200 escudos (menos de um Euro!). Ainda hoje desconfia da aplicabilidade do conteúdo do texto.

Em 1985, com dezoito anos, iniciou a carreira de jornalista na Rádio Comercial de Leiria e depois passou por Órgãos de Informação como a Semana de Leiria (1985), Jornal de Leiria (1985-1989), Correio da Manhã (1986-2012), revista Diana (1989-1990), Jornal da Batalha (1990-1991) e O Crime (1991-2001). Tem ainda trabalhos publicados no DN-Jovem, Blitz, Comércio do Porto, Região de Leiria, Bailadoiro (Leiria), O Mensageiro (Leiria), Rádio Comercial e Agência Notícias de Portugal.

Entre as reportagens que realizou nestes 32 anos na Europa, Brasil e Macau, destaca a cobertura do caso do Assassino da Praia do Osso da Baleia (1987), do pós-guerra no Kosovo (1999 e 2007), do último ano da soberania portuguesa em Macau (1999) e das comemorações dos 500 Anos do Descobrimento do Brasil (2000).É autor dos livros ‘Guia do Peregrino-Papa Bento XVI em Portugal” (Presselivre, 2010) e “Na Mente do Assassino-O Serial Killer da Lourinhã” (Cofina Média Books, 2012), "Guia de Fátima: 100 Anos das Aparições (Atlântico Press, 2016),"Fátima 1917-2017, Livro de Ouro" (Atlântico Press, 2017).

Caminhos de Santiago de Compostela – Sinopse

“Há meia hora que espero. Mas basta ver o céu negro de nuvens carregadas, que ameaçam desabar, para perceber o inevitável. O tempo está escuro, mais do que o habitual àquela hora. Na rua passam alunos, outras pessoas a caminho do trabalho e algumas que não denunciam o seu destino. Encasacadas e de chapéu de chuva em posição de resistir ao vento frontal. Esperar é nunca alcançar. Sigo-lhes o exemplo e parto. Um passo é uma luta contra o rio que enche a estrada, as valetas, os terrenos marginais. É um combate contra a água projetada pelos rodados dos camiões que circulam incessantes, às vezes perigosamente perto. E que provocam sucessivas vagas de vento e fazem penetrar ainda mais fundo no corpo a chuva e o frio, como ondas gigantes contra uma casca de noz. Desistir não é hipótese. Resta continuar”.
(...)
O Caminho Português para Santiago de Compostela é o segundo mais importante e gera receitas anuais superiores a nove milhões de euros. A frequência de peregrinos aumentou seis vezes na última década. Em sentido contrário há também um crescente número de fiéis no Caminho de Fátima, arrastando orações e gerando negócios. Estes são os dois principais santuários cristãos da Península Ibérica, aos quais afluem 230 mil peregrinos tradicionais por ano – mais de nove milhões de pessoas, se incluirmos a totalidade de visitantes. Esta reportagem conta a história dos caminheiros e de um jornalista que palmilhou os seus destinos.

06/03/18

Histórias da Bíblia – Antigo e Novo Testamento - EXPOSIÇÃO TEMPORÁRIA



Irá inaugurar no Consolata Museu – Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, no dia 17 de março, sábado, às 16h00, a nova exposição temporária «Histórias da Bíblia - Evelina Oliveira e J. Alberto de Oliveira».


A pintora e ilustradora Evelina Oliveira deu vida aos personagens através de pintura e colagens, criando subtis cenários cheios de encantamento, preenchendo o imaginário com histórias fantásticas e mitos herdados da nossa matriz religiosa e cultural.

J. Alberto de Oliveira selecionou vários episódios do Antigo e Novo Testamento e contou-os à sua maneira, mas na fidelidade estrita à escrita original.

Histórias do Génesis (a criação, a arca de Noé, Abraão, etc.), do Êxodo (o nascimento de Moisés, as pragas do Egipto, a travessia do mar Vermelho, etc.) são alguns dos muitos episódios que captam facilmente a atenção e o entusiasmo de pequenos e graúdos. A Bíblia é um conjunto de livros muito extenso e nem sempre fácil de ler, pelo menos para os mais pequenos. Histórias da Bíblia foi feita a pensar nos mais novos.

Ambas as publicações são recomendadas para as aulas de Religião e Moral, Escutismo e outros movimentos cristãos que envolvam a pastoral infantil e juvenil. São também boas sugestões para oferta das festas da catequese (festa da Palavra, Comunhões, etc.) e outros acontecimentos em que se pretenda divulgar a Sagrada Escritura e interessar as pessoas pela sua leitura.

No âmbito da inauguração, decorrerá a habitual atividade “Chá com Arte”, onde após a degustação de Chá e biscoitos da Doce Oureana e Sabores de Oureana, estaremos à conversa com a pintora Evelina Oliveira.

"Histórias da Bíblia é um novo e valioso livro que nos ajuda a descobrir o encanto da Bíblia... Aí se alimentam os valores em que acreditamos, se desenha o rumo da sociedade que somos e se decide o futuro que sonhamos. A educação e a escola têm, também, esse desígnio como missão. Que seja útil aos leitores! É este o meu desejo e essa é também a minha certeza!"

15/02/18

CHÁ COM ARTE - "Ao Sabor da Bíblia"



"Ao Sabor da Bíblia" é título do próximo “Chá com Arte” que decorrerá sábado, dia 24 de fevereiro, no CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, tendo como convidado especial o Chef Luís Lavrador.

Pelas 16h00, após a degustação de chá e biscoitos, num ambiente intimista, o conceituado Chef irá falar do seu mais recente livro "Ao Sabor da Bíblia", convidando-nos para uma conversa gastronómica onde imperam alimentos, temperos e sabores que marcaram a história judaica e cristã.

Além dos habituais biscoitos da Doce Oureana e do Chá de Aromas de Oureana, o Consolata Hotel e a Escola de Hotelaria de Fátima quiseram associar-se ao evento com a oferta de duas sobremesas confeccionadas a partir das receitas propostas no livro “Ao Sabor da Bíblia”, editado pela ALÊTHEIA.

A entrada é livre.

30/01/18

CHÁ COM ARTE - "FIGURAS E CHARLAS D`AIRE


O CONSOLATA MUSEU e a sua Liga de Amigos, realizam no próximo dia 27 de janeiro, sábado, às 16h00, mais uma edição do “Chá com Arte”.
Após a degustação de chá e biscoitos, terá início a tertúlia com o convidado especial António Neves Martins que além do seu percurso de vida enquanto professor e poeta, falará do seu mais recente livro «Figuras e Charlas D' Aire» que aborda as gentes e costumes da freguesia de Fátima.
Esta iniciativa insere-se no âmbito do “Ano Europeu do Património Cultural” sob o lema ‘Património: onde o passado encontra o futuro’, proclamado pelo Parlamento Europeu para 2018. O objetivo do ano europeu é incentivar à descoberta do património cultural e reforçar o sentimento de pertença a um espaço comum.| http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/ |
Existirão no decorrer da conversa alguns apontamentos musicais a cargo dos “Cavaquinhos da Moita” (Moita Redonda – Fátima).
****
Figuras e Charlas d'Aire" por Frondera Deslandes.
Edição Almalusa. Formato: 15,20,4 cm Nº de Páginas: 192 + capas. 2017
Nos cem anos das Aparições, um livro que retrata as tradições e as gentes de Fátima Figuras e Charlas D’Aire surge como resposta a um convite da Junta de Freguesia de Fátima ao autor.
Desafio: “deixar um registo escrito, em forma de homenagem, daquilo que a Freguesia de Fátima tem de mais genuíno, resquício de uma ancestralidade muito própria.

17/01/18

“Comunicação não-violenta - Novas técnicas de lidar contigo e com os outros” WORKSHOP


Realizar-se-á no próximo dia 3 de fevereiro, 21h00, no Centro Missionário Allamano, em Fátima, um Workshop “Comunicação não-violenta - Novas técnicas de lidar contigo e com os outros”.

Baseada na crença de que o Homem é naturalmente violento, a violência tem-se auto-justificado ao longo da história como transversal a todas as áreas do saber e atividade humana. As relações das pessoas entre si não é exceção; é violenta a relação que temos connosco mesmos, com os outros, com Deus e com a natureza. Neste workshop aprenderemos uma técnica que para além de revolucionar as nossas relações humanas, nos vai dar uma nova cosmovisão ou filosofia de vida.

O workshop será orientado pelo padre Jorge Amaro, Missionário da Consolata.


A entrada é livre. As inscrições poderão ser efetuadas através do site www.consolata.pt ou do telefone 249 539 470.