02/12/16

"CHÁ COM ARTE" - “À mesa com os 7 pecados capitais”


O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia irá recomeçar a segunda temporada da bem sucedida atividade “Chá com Arte” no próximo dia 13 de dezembro às 21h00. 

São convidados Zita Seabra e o Padre Gonçalo Portocarrero de Almada que falarão a partir da obra do pintor e gravador holandês Hieronymus Bosch “Mesa dos Pecados Capitais”, quadro-painel património da Casa Real Espanhola, adquirido pelo rei Filipe II de Espanha. Foi a partir desta obra que surgiu o livro “À mesa com os 7 pecados capitais”, cujos convidados do “Chá com Arte” são co-autores.

***************************
“À mesa com os 7 pecados capitais” no “Chá com Arte”, em Fátima

O livro “À mesa com os 7 pecados capitais”, uma publicação da Alêtheia Editores com Zita Seabra e o padre Gonçalo Portocarrero de Almada como co-autores, é apresentado em Fátima na noite de 13 de Dezembro, numa das iniciativas habituais do Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia: o “Chá com Arte”. O chá é servido às 21:00, as entradas são livres e gratuitas.

“Tivemos conhecimento de que o Chá com Arte, promovido pelo Museu dos Missionários da Consolata, congrega de forma periódica para um encontro sobre um tema relacionado com arte, daí que nos pareceu muito oportuna a apresentação do livro neste ambiente, já que teve como ponto de partida uma obra de arte, que acabou por servir de mote para uma conversa-entrevista sobre o tema do pecado”, explica Zita Seabra.

“O Chá com Arte decorre periodicamente numa das salas da exposição permanente, onde, após a degustação de chá e biscoitos, num ambiente intimista, surge um momento de entrevista e tertúlia com um convidado especial de reconhecido mérito do mundo das artes e cultura. Neste caso, teremos dois convidados, a Zita Seabra e o padre Gonçalo Portocarrero de Almada”, refere o director do Consolata Museu, Gonçalo Cardoso.

O ponto de partida para o livro “À mesa com os 7 pecados capitais” é a obra do pintor e gravador holandês Hieronymus Bosch “Mesa dos Pecados Capitais”, quadro-painel património da Casa Real Espanhola, adquirido pelo rei Filipe II de Espanha, actualmente em exposição no Museu do Prado, em Madrid.

Mas o tema do pecado está ou não na moda? Para Zita Seabra, “se falar de pecados está completamente fora de moda, muito longe das preocupações pós-modernas, é certo que, frequentemente, na escrita, na pintura, no cinema, se volta aos 7 pecados capitais”.

No caso, o tema é trazido à ordem do dia por meio da literatura e da comunicação, com este diálogo, no qual que Zita Seabra entrevista o padre Gonçalo Portocarrero de Almada. Faz sentido nos tempos de hoje a confissão perante um padre ou basta falar com Deus directamente, como fazem os protestantes? Há perdão para todos os pecados mesmo os mais graves? Estas são algumas das perguntas que importa ver respondidas.

“Ninguém pode fazer a maravilhosa experiência do misericordioso perdão de Deus, se antes não se souber pecador. E, como se pode reconhecer como tal se não sabe o que é o pecado?!”, refere o padre Gonçalo Portocarrero de Almada, para sublinhar que, por isso, “em boa hora”, Hieronymus Bosch “pintou a mesa em que retratou os sete pecados capitais, dos quais procedem todas as faltas graves ou leves”.

O Padre Gonçalo Portocarrero de Almada nasceu em Haia, Holanda, em 1958. Licenciou-se em Direito na Universidade Complutense de Madrid, e doutorou-se em Filosofia pela Universidade Pontifícia da Santa Cruz, em Roma. Ordenado sacerdote em 1986, exerce o seu ministério no âmbito da prelatura do Opus Dei.

Zita Seabra é autora de várias publicações. Desde 2005, dirige a Alêtheia Editores, da qual é fundadora, assim como a Várzea da Rainha Impressores. Há longos anos no meio editorial, foi editora da Quetzal e também administradora e directora editorial da Bertrand Editora.

LeopolDina Reis Simões


Para mais informação: Alêtheia Editores | Rua do Século, 13, 1200-433 Lisboa | (+ 351) 210939748 | aletheia@aletheia.pt

Em serviço de Assessoria de Imprensa para a Alêtheia Editores:                                               
LeopolDina Reis Simões (+351) 962 747 440 | dinareissimoes@gmail.com

“Tarde de Poesia Natalícia”


O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia e a sua Liga de Amigos, organizam no dia 3 de dezembro, sábado, pelas 16h00, uma “Tarde de Poesia Natalícia” com declamação de poemas elaborados por algumas crianças do 1.º ciclo de Fátima (Agrupamento de Escolas de Ourém) a partir da coleção da Sala da Natividade do museu.

Acompanhada com diversos momentos musicais e algumas surpresas, esta atividade pretende, através das crianças, chamar a atenção do verdadeiro significado do Natal. 

Este projeto surgiu em 2001 com grande êxito, repetindo-se durante sete anos consecutivos. Retomou-se o evento como forma de aproximar o museu da comunidade, dando a conhecer uma notável coleção de presépios e Meninos Jesus desde o século XVI aos nossos dias.


A entrada é livre. 

21/11/16

“À Conversa sobre...O VINHO”...


A LIGA DOS AMIGOS DO CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia promove no dia 29 de novembro, terça-feira, pelas 21h00, a atividade “À Conversa sobre...O VINHO”.

Luis Vieira é o convidado especial para uma conversa sobre o vinho, num ambiente intimista e de tertúlia, abordar-se-á a história do vinho, propriedades, significado do vinho na eucaristia, entre outros assuntos. Além da oportunidade de degustarem o vinho da Quinta do Gradil, os participantes terão à disposição castanhas assadas, assinalando o mês de São Martinho.

«Luis Vieira (…) é dono e administrador da Quinta do Gradil, em Vilar, no concelho do Cadaval. O seu avô, António Gomes Vieira, iniciou o comércio de vinhos na região de Fátima, em 1945, desencadeando aquilo que viria a ser uma tradição familiar. O filho continuou-lhe o negócio. E o neto também. A ligação ao mundo dos vinhos, dado o ambiente em que cresceu, é-lhe por isso natural. Pode-se dizer que lhe está entranhada desde sempre. “Quanto tinha aí uns três ou quatro anos, lembro-me de saltar frequentemente sobre a abertura de um depósito de vinho e, uma vez, tive o azar de falhar o salto e cair lá dentro. Ia-me afogando, pois estava a afundar nas borras e, se não me tirassem, lá ficava”, recorda Luís, sorriso denotando o gozo conferido pelo instinto de contar um daqueles episódios que sabe serem de apetite certo para qualquer jornalista». ( IN http://www.revistadevinhos.pt/artigos/show.aspx?seccao=enoturismo&artigo=10607&title=quinta-do-gradil-nos-antigos-dominios-do-marques&idioma=pt

07/10/16

25.º ANIVERSÁRIO DO CONSOLATA MUSEU!




O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia celebrará no próximo dia 13 de outubro o seu 25.º aniversário.

O dia será assinalado das 10h00 às 19h00 com entradas livres no Museu, oferta de lembranças e a abertura de exposição temporária «25 Anos» com obras oferecidas ao museu por artistas que aqui expuseram ao longo destes últimos 25 anos.

RE(Ver) A ARTE CRISTÃ Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja – 18 de outubro



VISITAS GUIADAS À IGREJA COLEGIADA DE OURÉM E AO CONSOLATA MUSEU| ARTE SACRA E ETNOLOGIA - FÁTIMA

Aceitando o desafio do Secretariado Nacional para os Culturais da Igreja para celebrar o Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, 18 de outubro, dia de S. Lucas, padroeiro dos artistas, o Museu Municipal de Ourém e o CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia organizam em parceria um programa de visitas guiadas gratuitas à antiga Colegiada de Ourém (Vila Medieval de Ourém) e à coleção de arte sacra do Consolata Museu, em Fátima.

Programa:
14h00 – Saída de autocarro do parque do Seminário da Consolata (Fátima)
14h15 - Saída de autocarro dos Paços do Concelho (Cidade de Ourém)
14h30 - Visita à Colegiada de Ourém (Vila Medieval de Ourém)
16h00 - Visita ao Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia (Fátima)
16h45 - Regresso a Ourém

Transporte de autocarro gratuito, sujeito a marcação prévia no (Museu Municipal de Ourém Tel: 249 540 900 (6831) |tlm: 919 585 003 | museu@mail.cm-ourem.pt) e no Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia Tel: 249 539 470.

Esta iniciativa procura promover a reflexão e partilha do trabalho desenvolvido no contexto das dioceses portuguesas, mas também debater novas propostas de atuação, avaliar dificuldades e identificar os principais desafios a enfrentar.

O tema proposto para o presente ano é «(Re)Ver a Arte Cristã». Instrumento permanente de formação e recurso inesgotável de apreciação cultural, visa um novo olhar sobre a arte cristã, enquanto expressão do culto e radicada na própria essência da experiência religiosa.

19/09/16

Dia Mundial do Turismo - 27 de setembro






No âmbito das comemorações do Dia Mundial do Turismo, 27 de setembro, e a partir do tema proposto “Turismo para Todos" - Promover a Acessibilidade Universal", o CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia irá oferecer um programa de visitas guiadas gratuitas onde, além das explicações habituais sobre o acervo, estarão em evidência os cuidados e preocupações já patentes na época da sua construção, há 25 anos, pela acessibilidade de pessoas em cadeiras de roda em todo o circuito, evitando a existência de barreiras arquitetónicas e má visibilidade dos objetos através de adequadas dimensões das vitrinas, podendo os visitantes nestas condições e até crianças, desfrutarem de toda a beleza exposta no museu.

As visitas guiadas decorrerão nos seguintes horários: 10h00|11h00|12h00 |14h00|15h00|16h00.

Além deste programa, o museu oferecerá neste dia festivo lembranças e descontos de 10% em compras na Consolata Loja.

16/06/16

FÉRIAS DE VERÃO NO MUSEU!


O Serviço Educativo do Consolata Museu | Arte Sacra e Etnologia apresenta um programa para as férias de verão, de 4 a 6 de julho, dirigido a crianças dos 6 aos 12 anos, envolvendo diversas atividades lúdicas, divertidas e artísticas.

Os participantes irão ter a oportunidade de ir participar jogos “Assalto ao Museu!”, “Perdidos na Tribo”, no Peddy Paper “À descoberta de Fátima” e em muitas surpresas!

Embarcarão, ainda, numa aventura missionária, descobrindo os povos de outros continentes e as suas culturas.

As atividades decorrerão das 9h30 às 17h30 podendo os participantes inscreverem-se nos três dias ou parcialmente (Diário 8€; 3 dias 21€; *desconto de 20% na inscrição do segundo filho).

As inscrições devem ser efetuadas, previamente, até ao dia 30 de junho, através do telefone 249 539 470. Inscrições limitadas a 15 participantes. Desconto de 20% na inscrição do segundo filho Os participantes devem trazer lanche para manhã e tarde e podem trazer almoço. Também pode ser servido pelo CONSOLATA HOTEL- Menu Júnior (sopa, prato principal, sobremesa e água ou sumo), por um preço de 8,50 €.

30/05/16

CINEMA CON|VIDA




A Liga dos Amigos do Museu e o Consolata Museu |Arte Sacra e Etnologia promovem no 3 de junho, sexta-feira, a última sessão da temporada CINEMA CON|VIDA

A iniciativa consiste no convite lançado a uma personalidade de Fátima, ligada ao cinema ou não, desafiando-a a escolher um filme que a tenha marcado na sua vida. Após a sua projeção decorrerá uma tertúlia sobre as impressões sentidas.

Assim, na próxima sessão, o convidado André Pereira, estudante de Educação Social, selecionou o filme” A Eternidade e um dia” de Theodoros Angelopoulos.

O espaço escolhido para esta iniciativa foi um local emblemático para os fatimenses e não só, a antiga sala do Hotel Pax, agora denominado Consolata Hotel. Esta sala mantem a decoração ao gosto dos anos 60 e foi uma referência durante largos anos pela realização de sessões de cinema, pois ir ao cinema implicava deslocações para fora de Fátima. A sala insere-se numa construção de raiz para receber um Hotel que abriu as suas portas em 1967, sendo os italianos Giggi Capabava e o missionário da Consolata Fiameni os autores do projeto.

É um contributo do museu e sua liga para assinalar um dos momentos relevantes da história de Fátima ao longo dos últimos 100 anos.

A sessão terá início às 21h00.

ÚLTIMO "CHÁ COM ARTE" DA TEMPORADA!




O CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia com o apoio da sua Liga de Amigos, irá realizar o último «CHÁ COM ARTE» desta temporada. 

O evento  começou em março do presente ano, com grande sucesso,  e tem decorrido numa das salas da exposição permanente onde, após a degustação de chá e biscoitos, num ambiente intimista, se têm realizado tertúlias com convidados especiais de reconhecido mérito do mundo das artes e cultura. Passaram pelo «Chá com Arte» o cantor/ator Rui Andrade, a atriz Marta Fernandes e o pintor Roberto Chichorro.

Na próxima segunda-feira, 6 de junho, pelas 21h15, o convidado será o historiador de arte PEDRO REDOL, que além de  partilhar o seu percurso e perspetivas sobre o mundo das artes, apresentará um projeto em que participa a nível musical, trazendo à sala o quarteto “Qvintvs dvs Infernvs”.

Pedro Redol é licenciado em História – Variante de História da Arte, e mestre em Arte, Património e Restauro. É técnico superior do Mosteiro da Batalha desde 1987, tendo interrompido estas funções para exercer as de diretor do Convento de Cristo, em Tomar, durante 3 anos, de diretor do Museu Nacional de Machado de Castro, em Coimbra, durante outros 3 anos, e de diretor do Mosteiro da Batalha, em regime de substituição, entre 2011 e 2013. É igualmente professor auxiliar convidado da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e presidente do Comité Português do Corpus Vitrearum.

*Chá oferecido por “Aromas de Oureana” e Biscoitos da “Doce Oureana”.